Livre-comércio…

Aérea Ryanair explora sexualmente imagem feminina em campanha

Redação Portal IMPRENSA

A companhia aérea irlandesa Ryanair foi alvo de críticas do Conselho de Ética Comercial contra Sexismo na Propaganda (ERK) da Suécia por veicular, via anúncios e outdoors, uma campanha que “promove propaganda sexista”. O órgão independente, criado em 1988, divulgou uma recriminação pública contra a empresa, acusando-a verbalmente de explorar a imagem feminina de forma ofensiva.

todos os lucros serão destinados a caridade

Anúncio de pré-venda do calendário Rynair 2009: todos os lucros serão destinados a caridade... de quem?

Nas peças, aparece uma mulher de minissaia e mini blusa posando como uma estudante ao lado de um quadro-negro com o texto: “As ofertas mais quentes da volta às aulas”. Na visão do Conselho, a modelo vestida no pequeno uniforme escolar “é usada para atrair a atenção de uma forma sexual, que é ofensiva às mulheres em geral”. Segundo reportagem da BBC, a resposta dada pela Ryanair foi dada em tom irônico, chegando a ridicularizar os “comentários estúpidos” feitos por uma política feminista sueca, que sugeriu um boicote contra a empresa após a recusa da companhia em se retratar e a fornecer a explicação solicitada pelo órgão.

A companhia aérea defendeu “o direito das garotas suecas de tirarem suas roupas se elas quiserem” e acabou acusando o Conselho de estar “fora de sintonia com a geração Britney Spears”, e questionou se a agência estaria de fato refletindo a visão da maioria dos suecos. “Temos certeza de que os sem-graça do ERK não falam pela maioria dos notoriamente liberais suecos”, disse a Ryanair em um comunicado, acrescentando não ter recebido reclamações sobre as campanhas realizadas na Grã-Bretanha e Irlanda, que usaram a mesma imagem do comercial na Suécia. “Os anúncios simplesmente refletem a maneira como muitas jovens gostam de se vestir. Esperamos que os integrantes do ERK relaxem um pouco”, completou a nota.

A política feminista sueca Birgitta Ohlsson decidiu foi a responsável em pedir o boicote dos consumidores à companhia aérea e explicou que é seu “dever apontar e envergonhar empresas como esta”. “A Ryanair está se apoiando em valores ultrapassados e anacrônicos, e se orgulha disso. Há muitas outras empresas aéreas de baixo custo para escolher”, acrescentou.

Anúncios
Published in: on 17/10/2008 at 21:39  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://sapatariadf.wordpress.com/2008/10/17/livre-comercio/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: