Invenções de si em histórias de amor

Livro de Nádia Nogueira, Editora Apicuri

Livro de Nádia Nogueira, Editora Apicuri

Lota Macedo Soares morava em Nova York em 1942 com sua companheira Mary Morse. Fazia cursos no Museu de Arte Contemporânea e dali extraía idéias para serem aplicadas no Brasil. Nesse período conheceu Elizabeth Bishop, uma poetisa muito tímida, que sonhava conhecer o sul da América.Em 1951 Bishop veio ao Rio, Lota levou-a para conhecer a casa que estava sendo construída em Samambaia, Petrópolis. O encantamento inicial pela natureza se intensificou com a declaração do amor de Lota e os cuidados dos brasileiros com sua saúde, após uma crise alérgica provocada pela mordida em um indigesto caju. De 1951 e 1967, essas mulheres construíram uma relação de amor marcada por uma constante “reinvenção de si”, através do cuidado consigo mesmas e com a outra. Lota supervisionou as obras do Parque do Flamengo, o Aterro; Elizabeth escreveu muito nestes anos, talvez sua melhor produção de contos e poesias.

Este trabalho busca também resgatar o silêncio histórico a que estiveram submetidas as relações homoeróticas femininas, bem como desconstruir o discurso médico legal, que diagnosticou as mulheres envolvidas em tais relações como nocivas ao convívio social.

Lota e Bishop não foram as únicas a criarem tais laços afetivos e sexuais. Outras mulheres construíram espaços alternativos de encontros na Cidade Maravilhosa como o Alcazar, espaço de encontros entre mulheres que amam mulheres bastante reservado e ainda hoje existente na Avenida Atlântica, o Alfredão, já mais explícito, hoje inexistente e o Bar da Fernanda, na Tijuca, onde se encontravam as conhecidas. Ainda há muito a ser explorado no Rio de Janeiro dos anos 1950 e 1960, e essa é apenas uma pequena parte dessa história.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://sapatariadf.wordpress.com/2008/11/09/propaganda-invencoes-de-si-em-historias-de-amor/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. oi meu nome tambem é Nádia nogueira e adorei o seu livro beijus

  2. Pessoa extraordinaria.
    Nádia Nogueira esta sendo minha professora de história esse ano!
    adoro o jeito dela *-*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: