EUA endossam texto pró-gays na ONU

 

Da Folha Online

Decisão de Barack Obama reverte posição de governo Bush, que havia votado contra descriminalizar homossexualismo

Documento, simbólico, havia sido aprovado em dezembro com apoio do Brasil; até então posição do Itamaraty era ambígua

DA REPORTAGEM LOCAL

Ativistas acompanharam as negociações no plenário da Assembleia Geral da Onu, em dezembro de 2008

Ativistas acompanharam as negociações no plenário da Assembleia Geral da Onu, em dezembro de 2008

Em mais uma iniciativa que contraria políticas de seu antecessor George W. Bush, o presidente americano, Barack Obama, endossou ontem retroativamente uma declaração da ONU pedindo a descriminalização do homossexualismo. O apoio dos EUA veio quatro meses depois de o documento, simbólico e sem aplicação obrigatória, ser aprovado por 66 países na Assembleia Geral da ONU -entre eles o Brasil.

Outros 50 governos, inclusive os de países islâmicos, o Vaticano e os EUA (então governados por Bush) votaram contra o texto, apresentado em dezembro pela França. O conservador Bush alegava o risco de a declaração contrariar leis americanas.

No plano federal, gays não podem assumir sua sexualidade nas Forças Armadas, e alguns Estados não punem empresas que discriminem candidatos a emprego com base na orientação sexual. O governo Obama disse ontem ter revertido a posição de Bush após obter garantias de que não haverá interferência nas leis americanas. O homossexualismo é considerado crime em 77 países.

Em pelo menos sete, como o Sudão, é passível de pena de morte. Apesar de ter apoiado a declaração francesa, o governo brasileiro adotou posições contraditórias sobre o tema. Em 2003, o Itamaraty apresentou projeto de resolução no Conselho de Direitos Humanos da ONU defendendo o fim da punição legal com base na orientação sexual. Mas o Brasil acabou retirando o texto no início de 2005, temendo boicote dos países islâmicos à Cúpula América do Sul-Países Árabes, realizada em Brasília em maio daquele ano. O recuo provocou críticas de ONGs que acusaram o Brasil de ter uma posição volúvel em matéria de direitos dos gays.

————————————————————————
Com *SAMY ADGHIRNI* e agências internacionais

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://sapatariadf.wordpress.com/2009/03/19/eua-endossam-texto-pro-gays-na-onu/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: