I Jornada Lésbica Feminista debate violência e feminismo

Uma série de eventos culturais e políticos marcarão a I Jornada Lésbica Feminista, lançada este ano pela Liga Brasileira de Lésbicas (LBL), para marcar o mês do Orgulho LGBT e a VII Caminhada de Lésbicas. A programação terá início sábado, 6/6, às 9h com o seminário de formação “Lesbianidades e Feminismos”. No dia 12, às 14h, a LBL promove o debate “Violências: um enfrentamento urgente e necessário”. A programação também incluirá a Mostra “Lésbicas em cena”, com a exibição da peça ´Flores Brancas’, no espaço Satyros (ver endereço) e sessões de filmes no Cine Olido (Ver programação). No dia 13 será realizada a VII Caminhada Lésbica, com o tema “O Combate à violência contra a mulher e a defesa de um mundo feminista”, a partir das 13 horas na praça Oswaldo Cruz, seguindo pela Avenida Paulista, até o MASP. A LBL também montará uma tenda na feira da diversidade cultural, que ocorre no dia 11 de junho, no Vale do Anhangabaú.

Clique e confira a programação:

06/06 Seminário de Formação: Lesbianidades e Feminismos
08/06 Mostra Lésbicas em Cena – Teatro
09/06 Mostra Lésbicas em Cena – Teatro
09/06 Mostra Lésbicas em Cena – Cinema
10/06 Curso de Defesa Pessoal – WenDo
11/06 9ª Feira da Diversidade Cultural – Tenda da LBL
12/06 Debate: Violências, um Enfrentamento Urgente e Necessário
13/06 VII Caminhada Lésbica e Bissexual de SP
14/06 13ª Parada do Orgulho LGBT

I Jornada Lésbica Feminista


06 a 14 de junho de 2009
Participe!

______________________________________________________________

Seminário de Formação: Lesbianidades e Feminismos


Dia 06 de junho sábado – 9h às 18h
Local: Rua Condessa de São Joaquim, 215
(próx. Metro São Joaquim – trav. da Av. Liberdade e Brig. Luiz Antonio)

manhã

dinâmica do abraço

exposições e debates

convidadas: Regina Facchini (Unicamp), Lúcia Xavier (Criola/RJ), Lurdinha Rodrigues (LBL)

tarde

convidadas: Simone Diniz (Rede Feminista), Alcilene Cavalcanti (CDD), Ariane Meireles (LBL)

18h – apresentação musical Grupo Quintal de Iaiá (voz, violão e percussão)

informações:
www.lbl.org.br
www.lblsp.blogspot.com – e-mail: lblsp@uol.com.br

Participe!

fonte: http://www.paradasp.org.br/caminhadalesbica

PROPOSTA DE ATIVIDADES DA CUT/DF E ENTIDADES PARCEIRAS PARA A SEMANA DA MULHER 2009

05/03/2009 – 14 às 17h: Pré- lançamento da Campanha por Igualdade de Oportunidades da CUT e debate sobre o eixo “Creches: garantia de direitos e papel das políticas públicas para a construção da autonomia das mulheres”.

Onde? Auditório do Centro de Ensino Médio Nr. 04, Ceilândia (estação de metrô Guariroba).

Organização: CUT/DF e Secretaria de Mulheres do SINPRO/DF

Participação: Marcha Mundial das Mulheres, Conselho Tutelar e Promotoria Pública da Ceilândia. 

*Após o debate haverá coquetel no local e uma manifestação de rua.

Informações: 3251-9374

 

05/03/2009 – 14 às 17h: Seminário “Avanços e desafios para a promoção da equidade.”

Onde? Sindicato dos Bancários do DF (EQS 314/315, Bloco A)

Organização: Sindicato dos Bancários do DF

*Após o debate será oferecido coquetel no local.

Informações: 3262-9090

 

06/03/2009 – 9h30: Sessão Solene em Homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Onde? Câmara Legislativa do Distrito Federal

Organização: Bancada Feminina da CL/DF

Informações: 3348-8090

06/03/2009 – a partir das  21h – Show em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Onde? Cervejaria Caixa D’Água (Bar do Careca) CNF 1 – Taguatinga Norte

Organização: CUT/DF, SINPRO, SAE, SINDSER E SINDPD

Informações: 3343-4200

 

07/03/2009 – 9h: Ato político – cultural no Parque da Cidade. Panfletagem, ações de cidadania (saúde: prevenção de câncer de mama, colo do útero e doenças laborais, orientações sobre combate à violência contra as mulheres, documentação civil, etc.) e show musical.

Onde? Estacionamento 12, próximo à administração do Parque.

Organização: CUT/DF

Informações: 3251-9374

 

07/03/2009 – 9h: Aula Inaugural do V Curso de PL, no NPJ/UnB.  10h30 – Ato Público

Onde? Feira da Ceilândia

Organização: Fórum de Promotoras Legais Populares do Distrito Federal e Marcha Mundial das Mulheres no DF

Informações: 9903 – 1452 (Lis) 9101-1446 (Isabel)

 

08/03/2009 – 10h30: Exibição do Filme “Reze para o diabo voltar para o inferno”.

(Filme sobre a atuação das mulheres na guerra de libertação da Libéria)

Onde? Cine Academia – salas 1,3, 4 e 10.

Organização: Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres/PR

Informações: 3411-4224.

08/03/2009 – 15h: “Pelo quê as mulheres lutam?”

Onde? Ao lado da administração do Parque da Cidade

Organização? Frente nacional contra a criminalização das mulheres e pela legalização do aborto

Participação: Marcha Mundial das Mulheres, Sapataria, CFEMEA, Coturno de Vênus, Wendo e Promotoras Legais Populares
Informações: 3224.1791

09/03/2009 – 9h: “Café da manhã e debate sobre violência contra a mulher”

Onde? Praça Chico Mendes, UnB

Organização: SINTFUB

Informações: 3307-2471

 

09 e 10/03/2009: Seminário “Mais mulheres no poder: uma questão da democracia”

Onde? Abertura dia 09, 18h, no Memorial JK. Dia 10 a atividade continua no Salão Oeste do Palácio do Planalto.

Organização: Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres/PR

Informações e inscrições: 3411-4224 ou pelo site: http://www.presidencia.gov.br/estrutura_presidencia/sepm/

 

11/03/2009 – 12h30: Intervenção teatral

Onde? Na Rodoviária do Plano Piloto

Organização: Gabinete da Deputada Erika Kokay

Informações: 3348-8090

Published in: on 06/03/2009 at 14:25  Deixe um comentário  
Tags: , ,

Programação do 8 de março da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES

Telefones: (061) 3411.4246 / 3411.4330
Fax: (061) 3326.8449
spmulheres@spmulheres.gov.br
http://www.spmulheres.gov.br
Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180

Seminário Mais Mulheres no Poder: Uma Questão da Democracia.

Como parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher (08 de março) realizada pelo Governo Federal, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, com o apoio da Bancada Feminina no Congresso Nacional e do Fórum Nacional de Instâncias de Mulheres dos Partidos Políticos, promovem, nos dias 9 e 10 de março, o Seminário Mais Mulheres no Poder: Uma Questão da democracia.

A Cerimônia de Abertura acontecerá dia 9 de março e contará com a presença do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. O evento terá início às 18h, no Auditório Central do Memorial JK. Nesta abertura será realizado o lançamento do Observatório Brasil da Igualdade de Gênero e feita uma homenagem a diferentes mulheres que ocupam espaços de poder e decisão e se destacam em suas áreas de atuação. Durante o evento a ministra Nilcéa Freire, da SPM, vai assinar a portaria ministerial que institui o Prêmio Mais Mulheres.

Também estarão presentes na abertura do Seminário, a coordenadora da Bancada Feminina da Câmara Federal, Deputada Sandra Rosado, representantes do PNUD e do UNIFEM no Brasil, entre outras autoridades.

No dia 10 de março o Seminário acontece a partir das 9 horas da manhã, no Salão Oeste do Palácio do Planalto. Em duas mesas, serão debatidos temas como: a sub-representação das mulheres nos espaços de poder e decisão; a democracia, as mulheres e o poder; e a reforma política.

O Seminário contará com a presença de Françoise Gaspard, cientista social francesa, autora de trabalhos sobre o tema da paridade e experiência na vida política como prefeita e deputada, e da ministra Dilma Roussef, Casa Civil.

Observatório Brasil de Igualdade de Gênero – Esta é uma iniciativa da SPM em parceria com instituições governamentais, não-governamentais, universidades, agências internacionais e representantes da sociedade civil. O observatório contará com um site e funcionará por meio de grupos de trabalho que farão o monitoramento e produzirão análises e conteúdos sobre indicadores, políticas públicas, comunicação e mídia e legislação e legislativo. Neste ano, seu foco temático é Mulheres, Poder e Decisão.

Segundo a ministra Nilcéa Freire a iniciativa de lançar um Observatório no Brasil surgiu a partir da criação de um Observatório de Gênero para América Latina e Caribe, no âmbito da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL) como estratégia de disseminação de informações acerca das desigualdades de gênero e dos direitos das mulheres. “A existência desse Observatório é importante para a sociedade e para o governo federal, porque é uma ferramenta que visa à formulação e o aperfeiçoamento de políticas públicas voltadas para a realidade das mulheres no Brasil”, afirmou a ministra.

Veja aqui a Programação completa do Seminário e preencha a Ficha de Inscrição, disponível também no site da SPM – http://www.spmulheres.gov.br encaminhando-a para o e-mail naiaracorrea@spmulheres.gov.br. As vagas são limitadas!
Programação

Seminário Mais Mulheres no Poder: uma questão da democracia

9 de março de 2009

18h – Cerimônia de Abertura

Lançamento do Observatório Brasil da Igualdade de Gênero

Homenagem a mulheres brasileiras que ocupam espaços de poder e decisão

Local: Auditório Central do Memorial JK
Eixo Monumental – Lado Oeste – Praça do Cruzeiro – Brasília/DF

10 de março de 2009

Horário: 09h às 18h

Local: Salão Oeste do Palácio do Planalto – Praça dos Três Poderes – Brasília/DF

9h00 às 13h00

Mesa 1 – Mulher, Poder e Democracia: uma articulação necessária.

Coordenação: Nilcéa Freire – Ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

Integrantes:

Dilma Rousseff – Ministra Chefe da Casa Civil (a confirmar)

Françoise Gaspard – Professora da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais (França), integrante do Centro de Análise Sociológica e de Intervenção (EHESS/ CNRS) e do Comitê CEDAW/ONU

Luiza Erundina – Deputada Federal, integrante da Bancada Feminina no Congresso Nacional

Kim Bolduc – Coordenadora-Residente das Nações Unidas no Brasil e Representante-Residente do PNUD Brasil

13h às 14h30 – Intervalo para o almoço

14h30 às 17h

Mesa 2 – Mulheres, espaços de decisão e eleições 2008.

Coordenação: Raquel Guisoni – representante do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher

Fátima Jordão – Um olhar sobre a pesquisa mulheres e espaços de decisão

Especialista em pesquisa de opinião e comunicação política, integrante do Colegiado Diretor do Instituto Patrícia Galvão.

Luiza Bairros – Um olhar sobre as mulheres negras

Socióloga, Secretária Estadual de Promoção da Igualdade do Estado da Bahia.

José Antônio Moroni – Um olhar sobre a reforma política

Filósofo, integrante do Colegiado de Gestão do Instituto de Estudos Socioeconômicos.

17h às 17h30 – Mesa de Encerramento

Nilcéa Freire – Ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

Clara Charf – representante do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher

17h30 – Café

25 de Novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher

Do site do CFEMEA

O Dia foi definido no I Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe, realizado em 1981, em Bogotá, Colômbia. A data foi escolhida para lembrar as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana. Em 25 de novembro de 1991, foi iniciada a Campanha Mundial pelos Direitos Humanos das Mulheres, sob a coordenação do Centro de Liderança Global da Mulher, que propôs os 16 Dias de Ativismo em face da Violência contra as Mulheres, começando no dia 25 de novembro e encerrando no dia 10 de dezembro, data de aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948. Esse período foi escolhido para marcar a luta pela erradicação da violência contra as mulheres e garantia dos direitos humanos.

Veja a programação em alguns estados dos dias de ativismo:

Brasília:

O Instituto de Ciência Política da UnB e a Revista Brasileira de Ciência Política convidam a comunidade acadêmica para o Workshop “Gênero e Política”
Datas:
26/11 (4a feira), 14h – Profa. Dra. Silvana Mariano (UFU) – “Cidadania
na perspectiva das mulheres pobres e papéis de gênero no acesso a
políticas assistenciais”
27/11 (5a feira), 14h – Profa. Dra. Iara Beleli (UNICAMP) – “Marcas de
gênero na mídia política”
28/11 (6a feira), 14h – Profa. Dra. Céli Pinto (UFRGS) – “Mulher na
política brasileira: uma presença tímida”
Local: UnB – sala A1-04 da FA
A entrada é franca e não é necessário fazer inscrição prévia.

– Ato público pelo fim da violência contra mulher
Dia: 22 de novembro de 2008 às 10:00 hs
Endereço: Praça Central da Estrutural
Programação:
10:00 hs – Apresentação da Martinha do coco e seu grupo
Poesias com Magnólia
10:30 hs – Fala de representantes do movimento social e autoridades
Saiba mais sobre a Campanha no site http://www.agende.org.br/16dias

-O Congresso Nacional marcou sessão solene conjunta para quinta-feira (27), às 10h, no Plenário do Senado, para comemorar o Dia Internacional para Eliminação da Violência Contra a Mulher, celebrado em 25 de novembro. Este ano, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República, lançou, em Brasília, a campanha intitulada “Homens Unidos pelo Fim da Violência Contra Mulheres”. Essa iniciativa atende a apelo do secretário-geral da ONU, o chanceler sul-coreano Ban Ki-Moon, para que países-membros da organização tomem iniciativas e adotem medidas para combater violência contra a mulher.

São Paulo:

3º Seminário – O Enfrentamento da Violência contra as Mulheres: uma questão de Saúde Pública e de Direitos Humanos – O Seminário faz parte do Ciclo de Seminários Temáticos que se realiza desde setembro na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, organizado pela mesma , por meio do Departamento de Saúde Materno-Infantil; o Núcleo de Estudos de População da Universidade Estadual de Campinas (NEPO/UNICAMP), por intermédio de suas áreas Saúde Reprodutiva e Políticas Públicas e População; e a Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos – Regional São Paulo e objetiva apresentar e discutir o panorama da violência contra a mulher no país, analisando a violência sexual e doméstica como um problema de saúde pública, bem como enfocar a política nacional de combate a esta violência e a importância da atuação das organizações da sociedade civil no que diz respeito ao controle da execução da mencionada política.

Data: 28/11/2008 – 14h às 18h
Local: FSP/USP – Auditório João Yunes – Av. Dr. Arnaldo, 715 – São Paulo – SP (Próximo a Estação Clínicas do Metro).

Expositoras:
– Olívia Rangel – Rede Feminista de Saúde/ Regional São Paulo e União Brasileira de Mulheres (UBM)
A Violência Doméstica e Sexual como Problema de Saúde Pública: Panorama Nacional
– Tais Cerqueira Silva – Assessora da Subsecretaria de Monitoramento e Ações Temáticas, Representante da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.
– Assessora da Subsecretaria de Monitoramento e Ações Temáticas da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.
Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e a Consolidação do Pacto Nacional
– Telia Negrão – Secretária Executiva da Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos e do Coletivo Feminino Plural de Porto Alegre, entidade integrante e coordenadora do Observatório da Lei Maria da Penha na Região Sul do Brasil
Monitoramento da Implantação e Implementação da Lei Maria da Penha.

Coordenadora: Rosa de Lourdes Azevedo dos Santos – Rede Feminista de Saúde/ Regional São Paulo
Coordenação Geral do Ciclo de Seminários Temáticos
Augusta Thereza de Alvarenga – FSP/USP
Regina Maria Barbosa – NEPO/UNICAMP
Maria Isabel Baltar da Rocha – NEPO/UNICAMP – In Memoriam
Rosa de Lourdes Azevedo dos Santos – Rede Feminista de Saúde/Regional São Paulo
Observação: As inscrições para o 3º Seminário serão gratuitas e realizadas, via on line, ou no local, no dia de cada seminário. Serão fornecidos certificados de participação, em cada seminário, pela Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade de Saúde Pública da USP.
Mais informações: svalunos@fsp.usp.br

Pernambuco:

Recife:
No dia 19 de novembro jovens e mulheres se reuniram na sede do Grupo Curumim, em Campo Grande (PE), e construiram mais de 200 pipas lembrando as pernambucanas assassinadas neste ano. As peças serão levadas para a Praça da Independência na terça-feira (25), Dia Nacional de Luta pelo Fim da Violência contra as Mulheres. A ação é promovida pelo Fórum de Mulheres de Pernambuco e conta com o apoio de articulações nacionais como a Articulação de Mulheres Brasileiras, a Rede Feminista de Saúde e a Rede de Homens pela Equidade de Gênero, organizadora da Campanha do Laço Branco.

Neste ano, o movimento de mulheres vai às ruas solicitar dos governos estadual e municipais a implementação da Lei Maria da Penha e a ampliação dos serviços de atendimento às vítimas de violência. Pernambuco dispõe de apenas quatro delegacias da mulher, duas casas abrigo (Olinda e Recife) e dois centros de referência (Olinda e Recife).
fonte: Rits

Tocantins:

O Fórum AMT realiza o II Monitoramento das Ações de Combate à Violência Contra as Mulheres no Tocantins – dois anos da Lei Maria da Penha.

Programação:
23/11/2008 às 20 h – Debate sobre Lei Maria da Penha e feminismo do cotidiano – Casa da Mulher 8 de Março – 305 norte – Palmas – TO
24/11/2008 às 8h30 – apresentação e início do monitoramento – Local SRTE / DRT
9h – 1ª Mesa de monitoramento – debates
Ações das DEAMS e SSP
10h- 2ª Mesa de monitoramento – debates
Ações das Ongs e movimentos
11h – Fala das mulheres da base
14h – Mesa das ações do Executivo e Centros de Referência
15h – Ações dos Conselhos
Intervalo
16h30 – Ações do Ministério Público e Juizados
17h30 – Encaminhamentos das Mulheres
20h – Reunião do Fórum AMT
25/11/2008 às 8h30min – Caminhada pela paz e não violência às mulheres – saída de frente da ULBRA – Avenida JK – Palmas – TO.

Amazonas:

– Concentração na Praça da Matriz às 15h com distribuição de panfleto;
-18h caminhada com velas pela Av. Eduardo Ribeiro até a Praça do Congresso, com a apresentação cultural, as meneinas do Hip Hop, apresentação de dança, capoeira e músicas;
– Encerramento às 21h.

PROGRAMA DA SEMANA – VISIBILIDADE LÉSBICA

13 DE AGOSTO – quarta-feira
Dedo de Moça – CNF 02 Lote 01 Loja 05 – Sandu Norte – Taguatinga
(atrás do supermercado Tókio).

III Mostra Lésbica de Cinema e Vídeo – ENTRADA FRANCA*
Horário: 20h.
* Aberto ao público. Entrada gratuita apenas para a Mostra.
Realização: Coturno de Vênus

——————————–
16 DE AGOSTO – sábado
EQR 609/611 – Parque Ecológico três Meninas – Samambaia-DF

OFICINA Utilização da Lei Maria da Penha nos casos de lesbofobia – ENTRADA FRANCA
Horário: 9h a 13h

OFICINA Wen Do – técnicas de defesa pessoal para mulheres – ENTRADA FRANCA
Horário: 14h30 a 17h

Realização: Sapataria

Mostra Lésbica de Cinema e Vídeo – ENTRADA FRANCA
Balaio Café – 201 norte Bloco B

Horário: 17h

Filme: D.E.B.S. – As Super Espiãs. D.E.B.S. [censura 16 anos]
Vídeos: Seleção curtas 2

Realização: Coturno de Vênus